MILAGRES EXTRAORDINÁRIOS ACONTECERÃO ANTES DO ARREBATAMENTO

Sem nenhuma dúvida o ARREBATAMENTO da igreja tem despertado ondas e ondas de interrogações, ao longo do tempo, com as mais variadas perguntas, sem que se tenha chegado a uma definitiva conclusão. Creio até ser impossível uma unanimidade em tal assunto.

O profeta Daniel em suas profecias, pelos mistérios que as mesmas continham, desejou saber tudo a respeito delas, mas o Senhor simplesmente manda-lhe selar as mesmas, pois não eram para o seu tempo, senão para os tempos do fim, tempo que estamos com absoluta certeza vivendo.

Tu, porém, Daniel, cerra as palavras e sela o livro, até o fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará.” Daniel, 12: 4.

Não tenho preocupação em querer desvendar todos os mistérios e segredos de Deus contidos nas profecias e sobre tudo os mistérios escatológicos, incluindo o ARREBATAMENTO como parte deles. Prefiro ficar com Deuteronômio, porque sei as revelações vêm no tempo certo, pois cada uma delas tem sua hora marcado por Deus para revelá-las.

         “As coisas encobertas pertencem ao Senhor, nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei”. Deuteronômio, 29: 29.

Muitas heresias já apareceram, e algumas delas estão sendo ensinadas por ai afora, exatamente por causa das especulações dos homens, que ao invés de aguardar o tempo das revelações das profecias, fazendo uma busca constante em Deus, pois nenhuma delas será revelada antes do seu tempo próprio, tentam, eles mesmos, desvendá-las aos seus ouvintes, estribados unicamente em suposições. Isso é muito perigoso.

São tantas as perguntas que não há como enumerá-las todas, daí porque mencionaremos bem poucas: As perguntas mais comezinhas que se tem ouvido, claro, entre muitas outras é:

1 – O QUE ACONTECERÁ COM AS GRÁVIDAS – (Primeiro Milagre)

O que acontecerá com as mulheres que estiverem esperando dar à luz e ocorrer o ARREBATAMENTO, igualmente com a criança que está no seu ventre, pois ela, a criança, depende de sua mãe para poder nascer?

         Alguns respondem:

As crianças que estiverem no ventre de suas mães nascerão durante a “viagem” em direção à glória, pois na mesma “velocidade” da subida da mãe arrebatada, elas nascerão e já chegarão adultas no céu. Isso é engano.

         Outras heresias:

a)   Serão abortadas no “caminho”, e desaparecerão.

O Senhor condena o aborto e Ele mesmo faria o que desaprova? Nunca! Além do mais, essa é uma possibilidade impensável. Isso não é somente engano, mas uma enorme heresia.

b)   As grávidas darão à luz lá no céu.

O céu não é lugar para partos, quem lá chegar já chegará adulto, ou se já houver nascido chegará criança.

Quem subir no ARREBATAMENTO subirá transformado, com um corpo glorificado, como afirma a Palavra de Deus.

Daí porque não haverá qualquer possibilidade para se resolver esses ou outros tipos de questões, que alias não existirão mais porquanto ao sermos arrebatados cessará toda e qualquer atividade humana inclusive nessa cessação as atividades genéticas e as demais coisas da terra serão esquecidas em definitivo, pois delas, diz a Bíblia, não haverá lembranças.

“Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta, porque a trombeta soará e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós (os vivos) seremos transformados”. I Coríntios, 15: 52.

“Com efeito, os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem mais nada; para eles não há mais recompensa, porque sua lembrança está esquecida”. Eclesiastes 9: 5.

 

         “Porque, eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá mais lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão”. Isaías, 65: 17.

 

“Porque na ressurreição nem casam nem são dados em casamento; mas serão como os anjos de Deus no céu”. Mateus, 22: 30.

O ARREBATAMENTO é uma transição entre a morte e a ressurreição, ou seja, entre a morte e a vida. Explico-lhe: É como se uma pessoa morresse e incontinente ressuscitasse. Com tudo não será morte.

Não haverá mais procriação. Portanto nada de parto, coisa da terra. Lá já é a glória. Tal afirmação é herética, e não procede.

Respondendo a primeira pergunta:

NENHUMA MULHER ESTARÁ GESTANTE NO GRANDIOSO

DIA DO ARREBATAMENTO DA IGREJA.

Creio absolutamente nessa possibilidade, pois me parece que as probabilidades, de algum modo são bíblicas, porquanto posso encontrar um paralelo, para tal respaldo, primeiramente no que houve quando da saída dos israelitas do Egito, e alguns milagres ali aconteceram.

A saída do povo de Deus do Egito é uma semelhança de e do ARREBATAMENTO de Seu povo desse “Egito”, que em figura se diz ser o mundo.

O primeiro deles foi que Deus deteve a morte, para que ela não operasse entre o Seu povo naqueles dias!

O segundo milagre era não haver entre eles ninguém enfermo, e creio que, da mesma forma, exatamente na hora da saída nenhuma mulher deu ou estava dando a luz.

                  

Portanto NÃO HAVERÁ NENHUMA MULHER DAS QUE VÃO SER ARREBATADAS QUE ESTEJA GESTANTE.

 

                Muitos têm alegado que a palavra de Jesus no capítulo 24 de Mateus, onde se lê: “Ai das grávidas e das que amamentarem naqueles dias”, é uma referencia ao momento do ARREBATAMENTO, ou pelo menos se liga com ele. De modo algum isso pode se relacionar com o ARREBATAMENTO, pois Jesus falava da tomada de Jerusalém no ano 70, quando Tito invadiu a cidade.

1)   Claro, fugir às pressas para escapar da mortandade que haveria, como de fato houve, seria um transtorno para uma mulher grávida.  Subir as encostas bem assim as que estivessem amamentado seus pequenos bebes. Era disso que Ele falava.

2)   Claro está que haverá uma providência de Deus para esse momento, o do ARREBATAMENTO.

Do mesmo modo, também não haverá nenhuma mulher grávida no arrebatamento, pois haverá uma esterilidade propositada por Deus, como foi na casa de Abimeleque, e em todo o seu reino, quando Deus fechou todas as madres e ninguém concebeu.

             “E orou Abraão a Deus, e sarou Deus a Abimeleque, e à sua mulher, e às suas servas, de maneira que tiveram filhos”.

 

             Enquanto não se resolvesse a questão da Sara que havia sido levada para a casa de Abimeleque, mulher nenhuma ficaria grávida, de fato foi o que aconteceu.

 

    “Porque o Senhor havia fechado totalmente todas as madres da casa de Abimeleque, por causa de Sara, mulher de Abraão”. Gênesis, 20: 17-18.

 

Fiz questão de transcrever os dois versículos sobre o assunto, na sua íntegra, isto é, todos eles, parte do texto.

           Deus salvou Sara de tamanha agonia, a de ser maculada, (ela havia sido ARREBATADA da casa de Abraão, assim como nós seremos arrebatados do mundo (“Egito”) para a casa de Abraão, e numa figura inversa, da casa de “Abimeleque”, para a casa de Deus, como no caso da parábola do rico e do Lázaro, onde Deus é chamado figurativamente de Abrão).

          

           Deus salvará as suas servas, não lhes permitindo engravidar no período antes e até o arrebatamento.

 

         Gostaria que atentássemos para um fato que se coaduna muito bem com o caso que estamos apreciando e que parece ser pertinente:

SARA é uma figura da Igreja em muitos dos aspectos de sua vida, a partir de sua esterilidade, alias longa, desde os dias de sua fertilidade até aos noventa anos, e que por fim deu à luz um filho.

Todos quantos serão arrebatados, em qualquer nação povo ou língua, são um componente da “igreja/Sara”. Nós somos a Igreja.

Assim Deus para preservar a “SARA/IGREJA”, guardá-la-á de ser “maculada”, isso é, ficar gestante, no melhor dos sentidos, por um “abimeleque”(*) qualquer, não permitindo que de tal ato possa ser gerado um novo ser humano, isto porque as madres estarão fechadas por Deus para que tal não aconteça.

 

Ele não impedirá o ato sexual, o relacionamento entre marido e mulher, mas simplesmente decretará a esterilidade, como foi o caso lá com Abraão e Abimeleque. *(Abimeleque aqui é um relacionamento, ainda que legítimo, que possa gerar filhos).

O apóstolo São Paulo faz uma advertência que parece se aplicar no caso em apreciação, pelo menos em termos.

 

         “Isto, porém, vos digo, irmãos, que o tempo se abrevia; o que resta é que também os que têm mulheres sejam como se não as tivessem”.

I Coríntios, 7: 29.

 

a)   Creio que dentre as muitas providencias de Deus no período do arrebatamento, a incontinência (não por impotência) que ocorrerá de modo natural, será uma delas, e quem sabe até por consentimento mútuo como Paulo fala no capítulo sete de primeiro coríntios, pois todos os que estiverem preparados nos moldes de Deus para subir, terão uma segura orientação, isto é, as ações do Espírito Santo agindo em suas vidas, ainda que não tenham pedido tais ações, eles serão guiados de forma soberana em todas as áreas da vida, embora possam até não ter pleno conhecimento das ocorrências, pois elas serão, repito, por soberania de Deus.

b)   Creio que em muitos desses casos não haverá uma consciência real do que estiver acontecendo, me refiro unicamente à esterilidade (o fechamento das madres), que momentaneamente ocorrerá pela providencia de Deus.

ESSE SERÁ UM DOS MILAGRES QUE ACONTECERÁ

ANTES DO ARREBATAMENTO, MAS SEGUIR-SE-ÃO OUTROS.

 

     2 — OS ENFERMOS (Segundo Milagre)

Embora pelo poder emanante do próprio ato do ARREBATAMENTO, toda e qualquer enfermidade possa ser curada, arrancada dos corpos dos salvos, pois haverá um poder transformador tão vigoroso, que mesmo as enfermidades sairão, se for o caso, mas em vista de que haverá saúde divina para o povo de Deus nos últimos dias, me parece até como sinal do ARREBATAMENTO, os enfermos serão curados antecipadamente, de modo que num determinado período antes do ARREBATAMENTO não haverá nenhum enfermo, como na saída do povo lá do Egito.

Sabemos que se uma pessoa morreu de uma determinada enfermidade, e pelo poder de Deus ela seja ressuscitada, ao voltar à vida ela não mais será portadora da doença que a vitimou. Sem dúvida nenhuma isso poderá acontecer no ARREBATAMENTO, embora pessoalmente prefira crer que não haverá enfermos, pela analogia da saída do povo lá do Egito.

Alguns perguntam até o que acontecerá com aquelas pessoas que sofreram um acidente, de qualquer tipo, inclusive numa cirurgia, e perderam uma perna, por exemplo. Ao serem ARREBATADAS elas terão somente uma perna ou terão as duas? Subirão sem um braço, ou sem uma mão?

É evidente que na transformação do advento do ARREBATAMENTO lhes será dado de volta tudo o que perderam. Elas estarão indo para um lugar de perfeição, e logicamente elas serão perfeitas de novo.

Deus já tem responsabilizado a morte e intimando-a a devolver todos os mortos.

E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras”. Apocalipse, 20: 13.

Assim teremos de volta, no ARREBATAMENTO, por assim dizer, “as sombras” de alguns dos acontecimentos lá do passado distante, se repetindo em outra escala, não mais como “sombra”, ou um “tipo”, porém como realidade, e algumas até substancialmente claras.

Podemos imaginar isso como certo, pois os milagres que acontecerão terão uma semelhança, já que aqueles eram figuras que se tornariam realidade nesse futuro que estamos já vivendo, e ao mesmo tempo, como os sinais do fim. São as figuras do que houve quanto à saída do povo de Deus lá do Egito, por exemplo, quando nenhum enfermo houve entre eles. Assim será no ARREBATAMENTO, a nossa saída desse “Egito”, o mundo.

A terra, (os que serão ARREBATADOS), experimentará, de repente, um milagre: Os salvos receberão a Saúde de Jesus, serão transformados, e toda a fraqueza que experimentaram no aqui no mundo em que viveram, será banida de suas vidas, e terão um corpo glorificado semelhante ao de Jesus, para desse modo poderem adentrar a eternidade.

                 “Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade”. I Coríntios, 15: 53.

 

Lá em Atos dos Apóstolos Pedro entrando na casa de Eneias, bradou: “Eneias Jesus Cristo te dá saúde”. Só que não será desta vez Pedro, mas o próprio Senhor ordenará saúde para o seu povo, e no arrebatamento ninguém estará enfermo. Eu dou glórias ao Senhor por isso. Atos, 9: 34. Esse será o segundo grande milagre!

 

3 — A MORTE SERÁ DETIDA (Terceiro Milagre)

        De repente, momentaneamente, cumprir-se-á a palavra:

“E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, (mulher dando a luz lá no céu, por exemplo), nem a corrupção herdar a incorrupção”.

“Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados”;

“Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados”.

“Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade”.

    “E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória”.

     “Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?”

     “Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei”. I Coríntios, 15: 50-56.

Deus ordenou que a morte transpusesse a casa dos israelitas lá no Egito, de modo que nenhum deles morreu naquela noite. Teremos uma semelhança absoluta, em todo o mundo, ela a morte terá que de novo transpassar a casa dos servos de Deus, os que serão arrebatados. Exodo, 12.

4 — O ESPÍRITO DE VIDA OPERARÁ (Quarto Milagre)

        No capítulo trinta e sete de Ezequiel, na visão do ossos secos, temos uma forte e explicita figura do arrebatamento. Veja:

Não esqueçamos que Ele disse: “Eis que abrirei as vossas sepulturas…”

Assim diz o Senhor DEUS a estes ossos: Eis que farei entrar em vós o espírito, e vivereis”. Isso quanto aos que já morreram que estão com os ossos secos lá nos sepulcros onde jazeram por muito tempo.

        “E porei nervos sobre vós e farei crescer carne sobre vós, e sobre vós estenderei pele, e porei em vós o espírito, e vivereis, e sabereis que eu sou o Senhor”. O recebimento de um novo corpo, o glorificado. Lá foi instantâneo e no arrebatamento ainda mais.

        “Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam”. O som da trombeta que todos os vivos e mortos, e só eles ouvirão.

        “Então o espírito entrou neles, e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo”. O exército dos salvos que irá subir. Imagine o número deles, os salvos e ressuscitados de todos os tempos.

         “E sabereis que eu sou o Senhor, quando eu abrir os vossos sepulcros, e vos fizer subir das vossas sepulturas, ó povo meu”. O testemunho para aqueles que infelizmente ficarem.

Já houve uma ressurreição semelhante quando da morte de Jesus, que “os sepulcros se abriram e muitos corpos de santos ressuscitaram”. Mateus, 27: 52.

        “E porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e sabereis que eu, o SENHOR, disse isto, e o fiz, diz o SENHOR. A prova de que tudo quanto o Senhor falou sobre ARREBATAMENTO cumpriu-se literalmente, e a nova vida na glória. Ezequiel, 37:5 a 7.     

5 — RESSURREIÇÃO DOS MORTOS (Quinto Milagre).

Essa ressurreição, não importa o tempo em que estiveram mortos, dar-se-á concomitantemente com a transformação dos vivos que estarão preparados na espera desse momento. Segundo afirma a carta aos Coríntios, no capítulo quinze. Quem são esses que morreram em Cristo? Os mesmos de quem Paulo diz que dormiram no Senhor, os salvos pela Graça e que permaneceram no Senhor, a despeito de todas as lutas que tiveram de enfrentar. Assim cumprir-se-á a palavra de Apocalipse:

            E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras”.

            “E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras”.

            “E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte”.

            “E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo”. Apocalipse, 20: 12 a 15.

         Teremos a complementação da esperança dos salvos:

“Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda”. II Timóteo, 4: 8.

O grande milagre da ressurreição coletiva de todos os que morreram crendo na promessa.

    Todos quantos morreram em Cristo, dormiram em Cristo, como diz Paulo, receberão o poder da ressurreição, não importa quantos milênios tiverem se passado.

     “E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita”. Romanos, 8: 11.

6 — TRANSFORMAÇÃO DOS VIVOS (Sexto Milagre).

Tudo quanto Adão perdeu, pela desobediência, nos será dado pela Graça e Misericórdia do Senhor Nosso Deus. Adão havia sido feito com um corpo indestrutível, pois ele fora criado para viver eternamente, mas o pecado o levou como a nós também a uma degenerescência que chamaremos de “envelhecimento” e que por fim o levou à morte, pois perdera a possibilidade de viver eternamente do modo como havia sido criado. Em outras palavras ele tornou-se corruptível, mas no processo do ARREBATAMENTO receberemos um novo corpo, esse glorificado para podermos adentrar a eternidade, pois que o corpo glorificado será indestrutível e incorruptível, e só com um corpo tal será possível viver lá.

Cada cristão receberá um corpo novo, glorificado, como diz a Bíblia, semelhante ao corpo que Jesus recebeu, isto é, o corpo com o qual Ele ressuscitou e com cujo corpo voltou para a glória para assentar-se à direita do Pai, e ainda, com o mesmo corpo voltará em breve para ARREBATAR a Sua igreja, Sua noiva, Sua Sara! (PRINCESA).

Toda a fraqueza humana dará lugar a uma fortaleza divina. Com o corpo glorificado estaremos capacitados por Deus a subir para entrar na eternidade, pois somente com um corpo espiritual, assim o chamarei, é que será possível viver na eternidade. Aí então seremos semelhante a Ele.

Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que havemos de ser, mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, pois o veremos como ele é”. I João, 3: 2.

Essa será a recompensa da nossa fidelidade a Ele, além do consolo absoluto que receberemos, aí entraremos no descanso eterno, e após comer o fruto da “árvore da vida”, que Adão não pode comer, seremos ETERNIZADOS pelo Senhor.

“Eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra”. Apocalipse, 22: 12.

        7 – O MILAGRE DOS MILAGRES – (Sétimo).
        Agora vamos tratar do SÉTIMO MILAGRE, por sinal sete é o número da perfeição, dizem alguns.
De todos os milagres que acontecerão no ARREBATAMENTO, precisamente na hora dele, o mais importante, espetacular, fenomenal, fantástico, extraordinário, e imensurável, e tudo mais que se possa dizer,
 
CUMPRIR-SE-Á NO ECOAR OS BRADOS RETUMBANTES DE VITÓRIA DO HOMEM/DEUS – O SENHOR JESUS. E QUE JAMAIS SE OUVIU, NEM JAMAIS SE OUVIRÁ.

ACASO NÃO TERIA O SENHOR JESUS, POR SUA VITÓRIA, BRADANDO:

“ONDE  ESTÁ  Ó  MORTE  O  TEU  AGUILHÃO?”

E COMO A DIZER: EU TE VENCI DERROTADA ESTÁS!

 

OUTRO BRADO VITORIOSO DE JESUS:

“ONDE  ESTÁ,  Ó  INFERNO  A  TUA  VITÓRIA?”

EU TIREI OS MEUS SERVOS DE TI, LÁ ELES NÃO MAIS ENTRARÃO!

 

E O ÚLTIMO BRADO QUE RESOARÁ POR TODA A ETERNIDADE!

“TRAGADA  FOI  A  MORTE  NA  VITÓRIA!”

OS QUE CRERAM EM MIM JAMAIS PERECERÃO!

 
VOCÊ QUER SABER QUAL SERÁ O MILAGRE DOS MILAGRES?

É você poder ser UM DOS ARREBATADOS, pois o milagre dos milagres é, sempre foi, e será sempre, o milagre da salvação de um pecador perdido, e só será ARREBATADO quem for salvo por Cristo, quem não for salvo ficará, com a mais absoluta certeza, pois é o que a Bíblia nos diz!

 “FICARÃO DE FORA OS CÃES OS FEITICEIROS, E OS QUE SE PROSTITUEM, E OS HOMICIDAS, E OS IDOLATRAS, E QUALQUER QUE AMA E COMETE A MENTIRA”.

Apocalipse, 22: 15

EU ESPERO VÊ-LO LÁ.

EU ESPERO ENCONTRAR-ME COM VOCÊ LÁ.

QUERO LEMBRA-LHE QUE SEM ARREPENDIMENTO NÃO HÁ SALVAÇÃO.

EU JÁ ME ARREPENDI DOS MEUS PECADOS E TAMBÉM JÁ FUI PERDOADO POR JESUS!

E VOCÊ?

FINALMENTE POSSO-TE GARTANTIR: JESUS TE AMA, EU SEI POR QUE ELE ME AMOU PRIMERO DO QUE EU A ELE, POR ISSO EU SEI QUE ELE AMA A VOCÊ TAMBÉM!

ENTREGUE SUA VIDA A JESUS.

JESUS JÁ VEM!

É JÁ A ÚLTIMA HORA!

………………………………………………………………………………………..

Não apresentamos todos os milagres que acontecerão no ARREBATAMENTO,

como por exemplo, um morto há mil anos poder ouvir o som de uma trombeta.

 

Só os marcados para o ARREBATAMENTO que estiverem vivos e os que morreram

em Cristo, somente eles ouvirão o som da trombeta.

  ……………………………………………………………………………………………………………………..

Pastor Israel Guerra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s